Termogênicos

O que é termogênese?

Para entender o que é termogênese, vamos fazer uma analogia, pensando em um motor de carro. O combustível no carro serve para gerar energia mecânica, ou seja, para mover peças que permite o carro se mover, porém nesse processo é gerada energia térmica (calor) por ineficiência do motor transformar 100% do combustível em energia mecânica.

Semelhante ao citado acima no interior das células, as organelas chamadas mitocôndrias são como usinas de produção de energia, só que, ao invés de utilizar gasolina, utiliza o trifosfato de adenosina (ATP) para gerar energia biológica, mas durante este processo, assim como o motor do carro, acaba gerando energia térmica por ineficiência.


Entretanto, essa ineficiência permite que o corpo humano mantenha sua temperatura constante próximo aos 37°C. Essa temperatura regula as funções biológicas, favorecendo as reações bioquímicas intrínsecas.


A termogênese então se trata do processo de geração de calor, que tem como origem a hidrólise e síntese do ATP no interior das células. Pode-se caracterizar a termogênese em obrigatória e facultativa. A obrigatória é o que se chama de taxa metabólica basal que é a somatória de calor produzido no organismo, estando em vigília e repouso, em temperatura ambiente e em jejum de pelo menos 12 horas. Já a termogênese facultativa é todo calor produzido além da taxa metabólica basal.


A exposição ao frio leva o organismo a perder mais calor para o meio fazendo com que haja maior produção de calor. Há também a possibilidade de aumentar a termogênese a partir do chamado efeito térmico do alimento.


Sabe-se que as proteínas possuem maior poder de saciedade se comparado aos carboidratos e gorduras e isso é atribuído ao fato das proteínas terem um maior poder termogênico. A alta concentração dos aminoácidos decorrente das proteínas promove a liberação de insulina e de hormônios anorexígenos (aqueles que inibem o apetite), promovendo a saciedade.


Ou seja, uma dieta mais rica em proteínas é capaz de aumentar a termogênese e promover maior saciedade, favorecendo dietas de emagrecimento. Entretanto, ainda não se chegou a um consenso sobre as implicações a saúde para dietas com concentrações de proteínas acima das consideravas aceitáveis. Sabe-se que os rins são órgãos afetados, pois em dietas deste tipo são mais exigidos e precisam aumentar a taxa de filtração, o que podeira elevar o risco de lesão renal em indivíduos saudáveis. Além disso, ocorre também um menor retenção de cálcio, que em longo prazo pode levar a problemas na saúde óssea.


Alimentos que induzem a termogênese

A termogênese induzida pela dieta é o gasto energético gerado pelos processos de ingestão, digestão, absorção, utilização e estocagem dos alimentos ingeridos. Representa entre 5% a 15% do gasto energético total, o que influencia no balanço energético e peso corporal.

Uma boa dica para aumentar a termogênese é a adição de pimenta e/ ou mostarda na alimentação. Os principais alimentos que induzem termogênese são: pimenta vermelha, mostarda, gengibre, vinagre de maçã, vegetais fibrosos (acelga, aspargos, couve), laranja, kiwi, cafeína, guaraná, chá verde, água gelada, linhaça, gorduras vegetais, como a do coco, derivados de cacau e os que contém ômega-3.

49 visualizações

Horário de funcionamento

Endereço

Email

(41) 99734-8607

Nos acompanhe nas

redes sociais

  • Facebook
  • Instagram

©2019 por Mega Taurus.