CHIA (SALVIA HISPÂNICA L.)

Atualizado: Out 7

SEMENTES DE CHIA


O que é chia?

Chia (Salvia hispânica l.) E uma semente originaria do sul do México e do norte da Guatemala. Trata-se de uma planta cultivada em regiões tropicais e subtropicas, não tolerando bem climas frios.  Essa espécie era utilizada desde tempos pré-colombianos como alimento básico por aquela população. A Chia tem ganhado destaque em razão de seu elevado valor nutricional, pois é excelente fonte de fibras, proteínas, antioxidantes e fontes de ácidos graxos poliinsaturados omegas 3 e 6, também chamados PUFA (sigla em inglês), sendo suas propriedades semelhantes a da Linhaça. 


Fibras

O conteúdo de fibras da chia é elevado, podendo chegar a 40% de sua composição, destacando que o polissacarídeo predominante é a mucilagem,  uma fibra solúvel que auxilia muito na saciedade, contribuindo para o emagrecimento e controle do peso corporal, além de prevenir o aparecimento de doenças crônicas como diabetes, doenças cardiovasculares e obesidade.

Quando mergulhadas em água, as sementes de chia formam um gel transparente mucilaginoso, por essa propriedade a chia é bastante utilizada pela indústria de alimentos como um agente emulsionante e estabilizante de emulsões. Quando esse gel é ingerido, este produz uma barreira física que separa as enzimas digestivas dos carboidratos, promovendo uma lenta conversão de carboidratos em açúcar,  auxiliando a reduzir picos de glicemia, mantendo a glicemia normal e favorecendo a saciedade por mais tempo, por isso é boa para evitar o aparecimento de diabetes e obesidade ou como coadjuvante de tratamento. 

Proteínas 

O teor de proteinas presente na semente de chia e semelhante ao encontrado em leguminosas como ervilhas, lentilha e grão de bico, correspondendo algo entre 19% a 23% de seu peso, sendo boa fonte de aminoácidos essenciais. 

Antioxidantes

Os antioxidantes presentes na chia são os famosos compostos fenólicos,  que são aqueles compostos que se formam durante o processo de desenvolvimento das plantas e servem como proteção para as mesmas contra as interperies climáticas.  No organismo humano, esses compostos contribuem para reduzir os danos causados pelo oxigênio. Os compostos presentes na chia são miricetira, ácido cafeico, quercetina, kaempfenol, acido clorogênico. Todas essas substâncias não somente são antioxidantes para o organismo, mas eles também ajudam a conservar o óleo presente na própria semente, conservando os ômegas 3 e 6 por mais tempo de que a própria semente de linhaça, por exemplo. 


Ômega 3

Tanto o omega 3, quanto o Ômega 6 são importantes para a saúde.  A ênfase maior sempre é dada ao Ômega 3 não porque o número 3 precede ao 6, mas sim devido sua maior dificuldade de se obter a partir a partir da alimentação. As melhores fontes são de origem animal, com os peixes de águas frias e profundas e o krill, especie de camarão; no Reino protista há alguns tipos de algas que também são boas fontes; por fim, no Reino vegetal, as sementes de linhaça e chia são excelentes fontes do ácido linolênico. 


Mineirais

além de tudo a semente de chia também possui maneiras como fósforo, potássio, cálcio, magnésio, ferro, zinco, manganês e cobre.


Gostou?

Consuma entre uma a duas colheres de sopa de chia ao dia e perceba o resultado em sua vida. 

Horário de funcionamento

Endereço

Email

(41) 99734-8607

Nos acompanhe nas

redes sociais

  • Facebook
  • Instagram

©2019 por Mega Taurus.